Notícia 03/06/2022

META11: novo ETF permite investir no metaverso por meio da B3

A partir desta sexta-feira (3), o brasileiro tem mais uma opção para diversificar seus investimentos em novas tecnologias investindo pela bolsa do Brasil. O META11 é o mais novo produto listado na B3, um ETF (Exchange Traded Fund - fundo de índice) gerido pela Hashdex com exposição a ativos do ecossistema do metaverso.


O diferencial desse fundo é que nele o foco não são os criptoativos tradicionais. O META11 replica o índice CF Digital Culture Composite Index - Modified Market Cap Weight - BRT. Esse índice fornece uma exposição diversificada à indústria do entretenimento em blockchain, reunindo NFTs (Non-Fungible Tokens) e tokens dos principais aplicativos. Jogos e universos digitais – como Decentraland, Axie Infinity, The Sandbox – além de criptoativos para aplicações diversas – como Chiliz e Ethereum – fazem parte da atual composição desse índice.


O fundo tem como administrador o Banco Genial S.A e conta com seguro contra roubo e perda para seus ativos investidos, que são mantidos por custodiantes institucionais em carteiras digitais desconectadas da internet, criando-se assim uma camada a mais de proteção contra possíveis tentativas de hack.  


O META 11 começa no mercado a um preço próximo de R$ 50, dando oportunidade para investidores em geral diversificarem seus investimentos no metaverso a partir de pequenas quantias. No entanto, é importante salientar que cada investidor deve conhecer bem seu perfil, apetite ao risco e o funcionamento dos produtos do mercado financeiro antes de adquirir investimentos, certificando-se que eles estejam alinhados com sua estratégia e seus objetivos financeiros.


Aqui na B3 disponibilizamos um curso on-line completo chamado “Como funcionam ETFs de Criptomoedas”, com acesso gratuito pelo hub educacional da B3. Para mais informações, clique aqui. Já para uma breve explicação sobre o funcionamento de ETFsclique aqui.