04/01/2022

Evolução na Renda Fixa em 2021

Veja as principais novidades do ano e o desempenho dos principais produtos de renda fixa.

Nossas iniciativas para o segmento de renda fixa, em 2021, foram focadas na oferta de alternativas de valor para os investidores, combinadas a condições atrativas para um segmento de público que ainda está começando sua jornada nesse mercado. Desenvolvemos inúmeras melhorias em nossos processos e produtos para que eles fiquem ainda mais acessíveis a todos as categorias de investidores.

 

Redução da taxa do Tesouro Direto

Em atuação conjunta entre o Tesouro Nacional e a B3, o Tesouro Direto teve a taxa de custódia reduzida de 0,25% para 0,20% a.a. O movimento dá continuidade à proposta de democratizar o acesso a esse produto e atender o interesse do investidor jovem, que inicia sua jornada com valores reduzidos.

 

Empréstimo de cotas de ETF de Renda Fixa

Entre as inovações e benefícios lançados pela B3 para desenvolver o mercado de ETFs de Renda Fixa, o serviço de empréstimo beneficia a liquidez do título e traz uma remuneração adicional aos clientes doadores.

 

Eficiência na plataforma Fundos.Net

Entre vários projetos implementados na plataforma Fundos.Net para acompanhar o crescimento de demanda, o lançamento do protocolo eletrônico para fundos imobiliários tem o propósito de tornar o processo de entrega de documentação

mais ágil e simples.

 

Soluções de pós negociação

As melhorias implantadas para padronizar, modernizar e automatizar os processos relacionados a pós negociação de ativos de renda fixa apresentaram resultados robustos ainda em 2021. Os ativos beneficiados são: Títulos Públicos Federais e Títulos Privados (Debêntures, CRI, CRA e Cotas de Fundos Fechados), negociados em diferentes plataformas. O projeto tem finalização prevista para início de 2022.

 

+ 7,0 bi

Volume financeiro médio diário dos negócios com comando gerado

(Cerca de 80% do volume de TPF negociado no trader)

+250

Número médio diário de negócios capturado pelo RTC e com comando gerado

(Cerca de 80% do número de negócios de TPF realizado no trader)

+30%

Total de participantes que utilizaram o serviço de alocação no período*

(Crescimento de +60 desde o lançamento)

*Período: 22/12/2020 a 31/10/2021

 

Futuro de DI

Com um plano robusto de desenvolvimento do produto, nos últimos dois anos, o Futuro de DI apresentou um crescimento expressivo no ADV (29,3%) no ano. O volume negociado, em milhares, chegou a 2.676,2 contra os 2.069,6 registrados em 2020.

 

Movimentação no mercado e debêntures

No período de agosto a dezembro de 2021, o volume médio de debêntures negociado em tela na Plataforma Trader foi de R$3MM. Foram 67 negócios fechados no período, ainda sem encerrar o mês; os dados foram apurados em 7/12/21.

   

Ago

Set

Out

Nov

Dez

Nº de ofertas

489

467

583

498

359

Nº de debêntures com oferta de compra e/ou venda

125

131

140

114

91

Volume ofertado (em MM)

R$ 399

R$ 406

R$ 447

R$ 399

R$ 276

Nº de negócios fechados

11

11

10

14

12

Nº de debêntures negociadas

8

6

8

8

7

Volume médio negociado (em MM)

R$ 2,3

R$ 2,7

R$ 1,7

R$ 6,1

R$ 2,3

*Dados médios de Agosto, Setembro, Outubro, Novembro e Dezembro/21